Renault Kwid 2018, 1.0, 3 cilindros, flex, 5 marchas.

O pequeno Kwid 2018 era, para mim, uma curiosidade desde seu lançamento. Pequeno e bonitinho, com preço baixo (para os padrões brasileiros) ele se tornou um “arroz de festa” nas ruas. No Rio você vê Kwids em qualquer lugar, apesar do pouco tempo de lançamento (comparado com seus concorrentes mais diretos, os Fiats Uno e Mobi).

20190106_093410

O pequeno carro é uma agradável surpresa Continuar lendo

Chrysler Pacifica V6, automática, 9 marchas.

Publiquei um Post no Blog antigo há alguns anos, sobre o crossover Chrysler Pacifica, que dirigi nos EUA (www.carrosemduvida.blogspot.com). Sua pegada esportiva me impressionou positivamente. Depois de vários anos fora do mercado, a Chrysler retomou a prestigiosa marca Pacifica, agora reencarnada numa minivan.

Não gostei da ideia, pois estariam deturpando a natureza do crossover num carro eminentemente familiar. Estava errado.

Naturalmente a pegada esportiva se Continuar lendo

Voyage 2018, 1.6, Flex, 5 marchas.

Entrar no Voyage 2018 é como entrar no Tunel do Tempo. O carro parece ter saido de fábrica há mais de 15 anos…mas ainda não completou um ano de uso. Carro de locadora, com 21 mil quilômetros rodados, o VW mostra que, apesar de seu anacronismo, continua tendo qualidades.

Não há ruídos na suspensão, nem no Continuar lendo

A nova era da indústria automobilística já é uma realidade hoje! E é espetacular!

Fiquei várias semanas sem publicar um post aqui no BLOG, para retornar em grande estilo.

Os leitores mais frequentes já leram aqui eu alertando a indústria automobilística e as empresas de petróleo que o carro elétrico veio para ficar. Até então eu analisava informações. Agora testemunho o fato, tendo passado um dia dirigindo o incrível Model 3 da Tesla.

vehicle

Todas as fotos deste post foram retiradas do site da TURO, publicadas pelo proprietário do carro, o Tedmond.

O 3 é um sedã do porte do Civic e do Corolla, com preço de aquisição um Continuar lendo

Jeep Compass, 2014, gasolina, CVT, chega aos 50 mil km.

Já publiquei neste blog alguns posts sobre o Jeep Compass 2014 e também fiz um comparativo, entre ele e o Suzuki Grand Vitara 2011. Agora, completados 50.000 km rodados, está na hora de uma avaliação de ainda mais “longo prazo”.

DSCN0167

Vale lembrar, este Compass foi fabricado no México e é o predecessor do Compass fabricado no Brasil, a partir da linha 2017. Passados 50 mil Continuar lendo

Chevrolet Malibu, 1.5 turbo, automático, 6 marchas.

O que é bom sempre pode melhorar. O Malibu 2017 é bem melhor que o 2015 (aspirado) que dirigi e sobre o qual publiquei um POST aqui no BLOG.

O desenho do modelo 2017 está bem mais bonito, com linhas mais marcadas e agressivas, com traseira em fastback, mas a grande diferença está no motor, um Continuar lendo

Chega aos 40.000 km o Fiat 500 Sport, 1.4, automático de 6 marchas, flex.

Já publiquei quatro avaliações neste BLOG, quando meu Fiat 500 passou pelos 2.500, 10.000, 20.000 e 30.000 km. Agora atualizo a avaliação com ele chegando aos 40.000 km.

Quilometragem inicial do teste – 0  km / km rodados – 40.000 km

Cenário de uso – Cidade (ruas e vias expressas). Estradas no Rio de Janeiro.

Este FIAT 500, fabricado no México, chega aos 40.000 km confirmando suas qualidades e defeitos (poucos), sem grandes surpresas para os usuários.

Na direção – A direção elétrica continua leve, mas pode Continuar lendo

Audi A3 2017, 1.4 turbo, flex, automático 6 marchas.

O A3 também, a exemplo de seu primo Q3 (veja o POST da semana passada), é quase uma unanimidade. Não conheço ninguém que não admire este sedã. Fabricados no Brasil, ele tem qualidades de sobra para ser o queridinho do mercado e, como o Q3, tem lá seus poucos defeitos…

O desenho é elegante e discreto, clássico e atemporal, remete aos seus antepassados, sem licenciosidades aos modernismos. Em tempos de carrocerias à moda Continuar lendo