SUV / Crossover para PCD.

Um conhecido meu vai comprar um carro com benefício tributário, pois tem um PCD na família.

Ele optou por um SUV/Crossover, priorizando o Hyundai Creta e o Nissan Kicks. Ele me perguntou qual eu escolheria. Minha resposta para ele: nenhum dos dois… mas vou começar analisando as duas opções dele:

O Nissan Kicks oferece bom espaço interno, um câmbio CVT (veja post neste Blog sobre os câmbios CVT) bem moderno, mas nesta versão de entrada, sem opção de trocas manuais. Tem desenho moderno, que agrada a maioria. O motor 1.6 é bastante confiável, é derivado do robusto e mega experimentado 1.6 16V da Renault, com acerto japonês da Nissan. O acabamento é correto, sem defeitos flagrantes. Uma boa opção, com ressalva para a manutenção.

O Hyundai Creta foi lançado pouco depois do Kicks, mas tem desenho bem mais conservador. Parece um carro novo de cinco anos atrás. O Creta oferece menos espaço interno, tem um câmbio automático de seis marchas bem moderno, mas nesta versão de entrada, também sem opção de trocas manuais.  O motor também é um 1.6, mas com acerto para gerar mais potência que o Nissan. É um motor menos experimentado que o da Nissan, mas não há reações negativas a ele no mercado. O acabamento é correto, melhor que o do Kicks.

Em que pese a minha experiência pessoal negativa com a marca Nissan no Brasil (vide os posts do Nissan Tiida aqui no Blog), com manutenção cara e falta de peças de reposição, entre os dois, eu optaria pelo Nissan, pois me parece um projeto mais interessante e tenho ouvido relatos negativos sobre a Hyundai na questão da manutenção de seus carros.

Entretanto, como disse no começo, não compraria nenhum dos dois, se tivesse a carta que dá direito a comprar um carro com isenção de impostos para PCD, e tendo optado por um SUV/Crossover de entrada, eu optaria pelo Jeep Renegade (vide post da versão Sport 2018 neste BLOG).

O Jeep tem espaço interno semelhante ao do Creta, motor 1.8 mais potente e muito confiável (derivado dos super experimentados 1.8 da Fiat) e câmbio automático de seis marchas muito bem escalonadas. O padrão de acabamento é bem superior aos do Kicks e do Creta, e conta com um projeto bem moderno e uma marca de notória aceitação no mercado. A versão para os PCD tem menos acessórios e mimos eletrônicos que a versão Sport, mas ainda assim agrada.

Não posso deixar de citar o ex-queridinho do Brasil, o Ford Ecosport, ele agora é equipado com um moderno motor 1.5 de três cilindros, mais potente que os 1.6 do Kicks e do Creta. O acabamento está melhor e agora ele também tem um bom câmbio automático de seis marchas (a Ford abandonou no Ecosport o problemático câmbio automatizado que equipou a linha Ford durante vários anos (do Fiesta ao Focus). Não escolheria ele, mas não deve ser desprezado…

Por fim, vale lembrar o revitalizado (e bem melhorado) Chevrolet Tracker. Nele foi feito um “facelift” que melhorou a aparência externa e trocado o motor, por um moderníssimo 1.4 turbo, econômico e potente. O câmbio é de seis marchas, o espaço interno é pequeno e o acabamento razoável. Merece estar na lista, pela ótima aceitação da marca e pelo sucesso que está fazendo este motor no mercado (o charme dos turbos…).

Calendário do IPVA 2018 no Rio de Janeiro.

O Estado do RJ divulgou as datas de vencimentos dos IPVAs de 2018. Veja a tabela publicada:

Final

de

Placa

Vencimentos

Cota Única ou

1ª parcela

2ª parcela

3ª parcela

0

22/jan

21/fev

23/mar

1

23/jan

22/fev

26/mar

2

24/jan

23/fev

27/mar

3

25/jan

26/fev

28/mar

4

26/jan

27/fev

02/abr

5

29/jan

28/fev

03/abr

6

30/jan

01/mar

04/abr

7

31/jan

02/mar

05/abr

8

01/fev

05/mar

06/abr

9

02/fev

06/mar

09/abr

Mais detalhes podem ser verificados em: http://www.fazenda.rj.gov.br

Se o seu veículo está emplacado fora do RJ, verifique a tabela na secretaria de fazenda do seu governo estadual.

Chega aos 40.000 km o Fiat 500 Sport, 1.4, automático de 6 marchas, flex.

Já publiquei quatro avaliações neste BLOG, quando meu Fiat 500 passou pelos 2.500, 10.000, 20.000 e 30.000 km. Agora atualizo a avaliação com ele chegando aos 40.000 km.

Quilometragem inicial do teste – 0  km / km rodados – 40.000 km

Cenário de uso – Cidade (ruas e vias expressas). Estradas no Rio de Janeiro.

Este FIAT 500, fabricado no México, chega aos 40.000 km confirmando suas qualidades e defeitos (poucos), sem grandes surpresas para os usuários.

Na direção – A direção elétrica continua leve, mas pode Continuar lendo

Audi A3 2017, 1.4 turbo, flex, automático 6 marchas.

O A3 também, a exemplo de seu primo Q3 (veja o POST da semana passada), é quase uma unanimidade. Não conheço ninguém que não admire este sedã. Fabricados no Brasil, ele tem qualidades de sobra para ser o queridinho do mercado e, como o Q3, tem lá seus poucos defeitos…

O desenho é elegante e discreto, clássico e atemporal, remete aos seus antepassados, sem licenciosidades aos modernismos. Em tempos de carrocerias à moda Continuar lendo

GNV num Toyoya 2011.

O leitor Sérgio me escreveu:

“gostaria de colocar GNV numa RAV4 ano 2011 que é gasolina, tenho receio de perder muita potência com GNV, pois tive um I30 a gasolina que coloquei GNV de 5º geração mas mesmo assim perdeu muita potência e virou um outro carro, era econômico com GNV mas perdeu muito em torque e potência, agora será que foi a instalação ? Sei que carros flex, com taxa de compressão acima de 12, são os ideais para a conversão, fico com medo de converter e ganhar em economia e perder a potência de um carro de 170 cv”.

Sérgio, sua análise, dentro da sua pergunta, foi bem precisa. Os kits de conversão de quinta geração são os que Continuar lendo

Audi Q3, 2017, 1.4 turbo, flex, 6 marchas, caixa automatizada com dupla embreagem.

O Q3 é quase uma unanimidade, não conheço ninguém que não simpatize com o carro. Construído como crossover sobre a base do A3 sedã, ambos fabricados no Brasil, ele tem qualidades de sobra para ser o queridinho do mercado, mas tem lá seus defeitos…

Nestas fotos acima, o Q3 está sob as lentes do film maker Vitor Lopes Martins, da Motus Filmes (www.motusfilmes.com).

Os bancos dianteiros são muito bons, com regulagens elétricas e Continuar lendo

Motor retificado e luz de óleo acendendo, parece uma epidemia…

Vários leitores deixaram mensagens no BLOG antigo (www.carrosemduvida.blogspot.com), falando que os motores de seus carros, logo depois de retificados, ficam com as respectivas luzes de óleo acendendo. A situação é tão recorrente que nem vou citar os nomes.

Respondo, mais uma vez, de forma genérica. Se a retífica foi feita numa oficina séria e capacitada, a luz de óleo não deveria acender. Se ela está acendendo, alguma coisa não Continuar lendo

Câmbio automático da Zafira, aparentemente com problemas…

O leitor HC me escreveu:

“Tenho uma Zafira automática e quando eu coloco ela no N ela continua andando. Isso é normal? Ela deveria parar, não?”

Você tem razão. Num câmbio automático em perfeito estado, ao ser colocada a alavanca seletora em N (neutro), o carro deveria ficar parado. Se sua Chevrolet Zafira está no plano e continua a andar, alguma coisa está errada.

Antes de levar ao mecânico especializado (não leve a um curioso, pois ele pode arrasar seu câmbio), vá para uma rua tranquila e faça os seguintes testes: Continuar lendo

Mais uma lenda da Internet, a moeda na maçaneta dos carros, para facilitar o assalto,…mais uma mentira!

Se você ainda não recebeu, vai receber, por e-mail ou whatsapp, o link para um vídeo em espanhol que mostra um meliante, num estacionamento, colocando uma moeda na maçaneta direita de um carro moderno (com travas elétricas).

Segundo o vídeo, a moeda mantém a maçaneta numa posição que o sistema de travamento elétrico, depois de aberto pelo motorista, impede que a porta seja trancada. Com a porta destrancada, os meliantes seguem o veículo e o assaltam no primeiro sinal.

Fiz o teste em dois dos meus carros (Fiat 500 MultiAir Sport e Jeep Compass). Em nenhum dos dois carros a moeda impediu o travamento da porta depois de acionado o sistema automático. Pesquisei na Internet e vi que já há vários desmentidos, ou seja, é mesmo mentira!

Para não dar platéia a este picareta que se deu o trabalho de montar o vídeo mentiroso, não vou colocar o link aqui. Sugiro que você não o procure, nem o acesse, evitando assim dar audiência e número de views para ele, que usa da mentira para angariar recursos.

Abaixo um printscreen do trecho “principal” do vídeo.

moeda