Fiat 500 Sport 2014, 1.4, automático de 6 marchas, flex, chega aos 50.000 km.

Este FIAT 500, fabricado no México, chega aos 50.000 km confirmando suas muitas qualidades e alguns defeitos, sem grandes surpresas para os usuários.

Continuar lendo

Jeep Compass 2014, 2.0, gasolina, automático CVT, 4×2 FWD, avaliação final.

Fiz ao longo tragetória do uso deste Compass, que comprei 0km em 2014, uma série de avaliações, as quais publiquei aqui no blog.

Nesta avaliação final, feita depois de passados mais de dois meses da venda, avalio os pontos fortes e fracos no convívio de mais de cinco anos e quase 60 mil km com o Jeep.

Como pontos fortes destaco: Continuar lendo

Luz de óleo acendendo no motor da Kombi 2007.

Um leitor escreveu “…tenho uma kombi 2007 e a luz do óleo acende em marcha lenta e quando eu ligo o carro a luz apaga rápido depois de quente ela volta a acender quando estar em marcha lenta. O que pode ser?…

Este problema é o mesmo de outros leitores enfrentaram, e que já escreveram pra mim perguntando sobre a luz acendendo no Gol e em outros carros.]

A resposta é longa, mas simples. Continuar lendo

Dúvidas sobre o aluguel de carros em longo prazo.

Anotei algumas perguntas de leitores e amigos sobre o POST anterior, que tratou de aluguel de carros. Tentei obter as respostas oficiais da Unidas, mas, depois de 9 dias de espera, resolvi dar as minhas versões, baseadas no contrato que assinei.

– O valor do aluguel tem reajuste?
Não, o valor é fixo no prazo contratual. No meu caso, é fixo por 42 meses.
– No caso de um sinistro, com pequeno ou médio dano, há franquia a ser paga pelo locatário?

Continuar lendo

Comprar ou alugar um carro?

Já tratei do tema locação de longo prazo aqui no BLOG, ao ser questionado por um motorista de aplicativo. Agora, como aluguei um carro (por 42 meses), muitos amigos estão perguntando se vale a pena mesmo.

A resposta é: para mim valeu, mas não vale sempre! É preciso fazer contas e analisar o perfil de uso.

Vamos lá, o que deve ser levado em conta?

Em primeiro lugar, o tipo e Continuar lendo

Jeep Renegade 2020, 1.8 flex, automático, Longitude. Primeiras (boas) impressões ao dirigir!

Só rodei 350 km com meu Renegade, mas achei que valia a pena já comentar o que estou achando do carro. Para quem acompanha o blog, já publiquei dois posts sobre o Renegade, na versão Sport, Flex, de 2017.

renegade lat

Neste 2020 o acerto do motor está melhor, apesar do Continuar lendo

Test-drive com a Ford Ranger XLS 2020, diesel, automática, 4×4.

Meu rápido contato com a Ranger 2020 me impressionou positivamente. A picape “grande” para os padrôes brasileiros, deixou para trás as reações de “caminhão”. Tem direção elétrica precisa e bastante direta. A suspensão é firme, mas o início do curso deixa os passageiros isolados das irregularidades do piso. Os enormes pneus 265 65 17 ajudam no trabalho e conferem dirigibilidade de automóvel ao utilitário.

ranger dia editranger lat

O motor 2.2 turbinado tem Continuar lendo

Hyundai HB20, 1.6, 4 cilindros, flex, manual, 6 marchas, 2019

hb20 frente

O pequeno hatch da Hyundai, fabricado no Brasil, continua sendo oferecendo uma direção agradável. O design que considerei arrojado em 2015, agora é lugar comum nas ruas, dada a grande aceitação do carro no mercado. A CAOA continua mantendo o ótimo padrão construtivo da carroceria e o bom acabamento interno.

Continuar lendo

Village Classic Cars 2019. Imperdível!

O evento de carros clássicos do Village Mall está, como sempre, sensacional. A entrada é franca para os visitantes (os expositores é que pagam…) e a coleção exposta é de alto nível. Alguns exemplares raríssimos, outros curiosos. Vale a visita. Nas fotos a seguir, um aperitivo do que você poderá encontrar. Se estiver no Rio, não deixe de ir à Barra e conhecer (o Village fica ao lado do Barra Shopping).

A exposição estará aberta até o próximo domingo (15/set). Até sábado de 12 às 22 horas. Domingo de 12 às 20 horas. Use o estacionamento do Village Mall.

Renault Captur, 1.6, 16V, flex, CVT, Intense, 2018/2019

O Renault Captur tem desenho moderno e interessante, porta-malas espaçoso e porte imponente, mas decepciona logo ao abrir a porta do motorista (claro que esta análise se dá partindo do fato que ele custa mais de R$ 84 mil).

O acabamento é simples, denotando materiais que não condizem com o preço Continuar lendo