Chrysler Pacifica V6, automática, 9 marchas.

Publiquei um Post no Blog antigo há alguns anos, sobre o crossover Chrysler Pacifica, que dirigi nos EUA (www.carrosemduvida.blogspot.com). Sua pegada esportiva me impressionou positivamente. Depois de vários anos fora do mercado, a Chrysler retomou a prestigiosa marca Pacifica, agora reencarnada numa minivan.

Não gostei da ideia, pois estariam deturpando a natureza do crossover num carro eminentemente familiar. Estava errado.

Naturalmente a pegada esportiva se Continuar lendo

Voyage 2018, 1.6, Flex, 5 marchas.

Entrar no Voyage 2018 é como entrar no Tunel do Tempo. O carro parece ter saido de fábrica há mais de 15 anos…mas ainda não completou um ano de uso. Carro de locadora, com 21 mil quilômetros rodados, o VW mostra que, apesar de seu anacronismo, continua tendo qualidades.

Não há ruídos na suspensão, nem no Continuar lendo

A nova era da indústria automobilística já é uma realidade hoje! E é espetacular!

Fiquei várias semanas sem publicar um post aqui no BLOG, para retornar em grande estilo.

Os leitores mais frequentes já leram aqui eu alertando a indústria automobilística e as empresas de petróleo que o carro elétrico veio para ficar. Até então eu analisava informações. Agora testemunho o fato, tendo passado um dia dirigindo o incrível Model 3 da Tesla.

vehicle

Todas as fotos deste post foram retiradas do site da TURO, publicadas pelo proprietário do carro, o Tedmond.

O 3 é um sedã do porte do Civic e do Corolla, com preço de aquisição um Continuar lendo

Luz do óleo acendendo no Gol G5. Mais um caso…

O leitor Eduardo me escreveu:

“Tenho um gol G5 2009/2010, está com 90.000 Km, sou o único dono. De um tempo para cá, quando esquenta está acendendo a luz do óleo em marcha lenta. Já foi feita a troca do interruptor do óleo, mas continua. Nível de óleo normal, a troca do óleo foi feita e só rodei uns 1000 km, sempre utilizei o óleo descrito no manual do carro. Poderia ajudar? “

Eduardo, o seu caso é parecido com alguns que já apareceram por aqui. Você tem a Continuar lendo

Etanol, gasolina, diesel ou GNV?

Já falei várias vezes sobre o tema ETANOL x GASOLINA aqui no BLOG, mas com os preços do álcool variando para baixo e os da gasolina para cima, muita gente voltou a ficar em dúvida e resolvi retornar ao tema.

A dúvida volta a cada vez que um dono de carro flex vai ao um posto de abastecimento. O que vale mais a pena, abastecer com gasolina ou etanol?

Vou me basear desta vez em Continuar lendo

Mudando de combustível num carro flex.

Já abordei este tema aqui no BLOG, mas como a dúvida é recorrente, é sempre bom voltar a falar dela.

Se você tem um carro flex, usa sempre gasolina e quer passar a usar etanol, não há qualquer problema. Os sistemas de controle (mapeamento) dos motores flex estão capacitados a lidar com qualquer proporção da Continuar lendo

Jeep Compass, 2014, gasolina, CVT, chega aos 50 mil km.

Já publiquei neste blog alguns posts sobre o Jeep Compass 2014 e também fiz um comparativo, entre ele e o Suzuki Grand Vitara 2011. Agora, completados 50.000 km rodados, está na hora de uma avaliação de ainda mais “longo prazo”.

DSCN0167

Vale lembrar, este Compass foi fabricado no México e é o predecessor do Compass fabricado no Brasil, a partir da linha 2017. Passados 50 mil Continuar lendo

Chevrolet Malibu, 1.5 turbo, automático, 6 marchas.

O que é bom sempre pode melhorar. O Malibu 2017 é bem melhor que o 2015 (aspirado) que dirigi e sobre o qual publiquei um POST aqui no BLOG.

O desenho do modelo 2017 está bem mais bonito, com linhas mais marcadas e agressivas, com traseira em fastback, mas a grande diferença está no motor, um Continuar lendo

Trocando os pneus com segurança e racionalidade.

Meu amigo Jr. tem um Dodge Journey V6 2010. Ele quer trocar os pneus originais, por outros mais altos, para que seja aumentada a altura livre do solo e o carro não raspe o fundo nos acidentes da estrada de terra que dá acesso à casa dele.

Ele não quer trocar as rodas originais (aro 16¨), que são de aço e muito resistentes. A primeira coisa a observar é tentar encontrar um pneu com uma medida seja coerente com o projeto do carro, ou seja, não esbarre no interior das caixas de roda. Depois, buscar uma alteração que não requeira ajustes nos sistemas eletrônicos Continuar lendo