Uso do ar condicionado.

O leitor Carlos leu um post que fiz sobre o uso do ar condicionado e ficou na dúvida sobre o botão que controla a recirculação de ar.

Explico melhor: quando este botão é acionado (a luz fica acessa), a entrada de ar externo é reduzida à uma vazão mínima (renovação de ar mínima para garantir a segurança respiratória dos passageiros). Nesta condição o Continuar lendo

SUV, Crossover, novo ou usado?

Com a grande variedade de opções, tomar a decisão de que carro comprar parece cada vez mais difícil.

Vários são os fatores a serem levados em conta, alguns bem tangíveis, como: preço de compra, custo do IPVA, custo do seguro, custo de manutenção, depreciação, liquidez e tempo de garantia. Outros, ainda que tangíveis, são de valoração mais subjetiva ou difícil, tais como: prazer ao dirigir, robustez, praticidade, adequação ao uso, acabamento, etc.

Neste cenário fiz a comparação entre muitas alternativas, mas destaco as seguintes opções, em ordem alfabética: Continuar lendo

Perigo ao ligar o AC do seu carro em alta velocidade, a nova lenda da Internet.

Está rodando pela Internet um longo texto, bem escrito e aparentemente bem embasado, que fala sobre danos aos aparelhos de ar condicionado (AC), quando estes são ligados com o carro em alta velocidade.

Como o texto é grande, coloco ele na íntegra no final deste post, mas o argumento é o seguinte: se você ligar o ar condicionado com o motor do carro em alta rotação, danificará o compressor do ar condicionado, pois este partirá da imobilidade para uma alta rotação.

Quem não prestar atenção pode achar que o argumento faz sentido, pois se Continuar lendo

Luz de óleo acendendo no painel.

A leitora Cláudia Leite e alguns outros leitores estão enfrentando o mesmo problema em seus carros, de diferentes modelos e marcas. Depois de fazer retíficas nos cabeçotes de seus motores, a luz de óleo passa a acender em marcha lenta, ou quando o carro esquenta.

Já abordei este tema por mais de uma vez, mas um leitor que viu no blog antigo (www.carrosemduvida.blogspot.com) os problemas dos motores dos outros leitores, fez um comentário complementar que vale a pena trazer à tona.

Todos os casos são semelhantes: cabeçotes avariados que precisaram ser retificados. Todos são motores de carros já bastante usados. É comum, nestes casos, que durante Continuar lendo

Fusca na lama. Montagem?

Alguns leitores assistiram este vídeo e perguntaram se era uma montagem.

Não assisti a filmagem, mas posso quase garantir que não é uma montagem.

Vale observar, que o Fusca do vídeo está equipado com pneus lameiros militares (os famosos candangos). O ronco do motor denota alguma alteração do motor, com possível aumento de potência. Algumas saídas de atoleiro denotam o travamento do diferencial, o que podia ser facilmente obtido com a instalação do freio de mão Selectration inventado pela Gurgel (veja post neste blog a respeito) e que podia ser instalado em qualquer Fusca (a ar).

Para quem não conhece o Fusca, seu fundo plano e com poucas saliências, facilita a passagem por atoleiros (não há pontos de ancoragem), o que, ajudado pela tração traseira, o baixo peso e a suspensão independente, já faziam do Fusca original quase um fora de estrada. Pequenas adaptações, como as citadas, podiam transformá-lo em um veículo off-road de poucas barreiras.

Um motorista “bom de braço” também fez a diferença neste vídeo. Infelizmente não conheço o autor do vídeo, nem o motorista.

 

Carburador do Escort Hobby.

Uma leitora perguntou:

“Na parte de trás do carburador do meu Escort Hobby existe uma mangueira, onde uma ponta que é de metal está ligada ao carburador e a outra é conectada ao motor. Vc sabe o nome dela? “

Como não sei se o seu Hobby é 1.0 ou 1.6, tampouco o ano de fabricação do carro, fica difícil ser preciso na resposta. Entretanto, vale uma explicação geral, que serve para qualquer carro carburado.

Se esta mangueira está ligando o carburador à tampa do cabeçote do motor, ela é a do suspiro de óleo. Se ela estiver ligada à base do distribuidor (onde estão os quatro cabos de vela), ela é a mangueira de vácuo. Já se ela estiver ligada na bomba de gasolina, ela é a mangueira de alimentação de combustível.
Alguns carros tinham também uma mangueira de retorno,  cujo destino da mangueira era o tanque de combustível. Neste caso ela desce do carburador e vai na direção da parede de fogo (aquela chapa abaixo do para-brisa, que divide o cofre do motor da cabine).
Se precisar de mais ajuda, tire uma foto em que ela apareça (retire o filtro de ar para melhor visualização) e me envie.

Enquanto isso na Noruega…

A Noruega já serviu de exemplo para muitas coisas (qualidade de vida, segurança, padrão de educação, assistência governamental aos cidadãos, ótimas estradas, planejamento de longo prazo, fundo soberano com recursos do petróleo para garantir bem estar das futuras gerações, etc, etc, etc), mas agora é citado em várias publicações por ter o maior aumento percentual de carros elétricos em sua frota (que não chega a 3 milhões de carros).

Em 2014, de 10 a 15 por cento dos carros novos era elétrico (ou híbrido plug-in). Em Junho de 2016 29 por cento dos carros novos era deste tipo de carro. O fechamento de Outubro de 2016 mostrou que um em cada três carros novos vendidos Continuar lendo

Não perca os prazos! IPVA 2017

Esta é a tabela do IPVA 2017 no estado do Rio de Janeiro.

 

Finais de Placa

Pagamento integral
ou Vencimento 1ª parcela
Vencimento 2ª parcela Vencimento 3ª parcela
Para mais informações, acesse o site da Fazenda em: RESOLUÇÃO SEFAZ N.º 1046 DE 21 DE DEZEMBRO DE 2016
0 17/01 16/02 20/03
1 19/01 20/02 22/03
2 23/01 22/02 24/03
3 24/01 23/02 27/03
4 27/01 02/03 03/04
5 30/01 03/03 04/04
6 01/02 06/03 05/04
7 03/02 07/03 06/04
8 06/02 08/03 07/04
9 08/02 10/03 10/04

Ford Mustang GT, 5.0, V8, 6 marchas automático.

Este ícone americano, muito criticado, tem mais qualidades que defeitos. Não se fabrica um carro desde a década de 60, mantendo-o ao longo dos anos como best-seller, se ele não fosse bom como é.

20170102_173047

O poderoso V8, despeja ruidosa e furiosamente seus 435 HP nas rodas traseiras. Desligar o controle de tração é para os profissionais ou para os insanos. Na opção Comfort, ele fica Continuar lendo

Chevrolet Malibu, 2016, 2.5 litros, 4 cilindros, 6 marchas automático.

Esta versão do Malibu não foi vendida no Brasil em grande quantidade (uma pena), mas há grande quantidade rodando nos Estados Unidos. O Malibu é grande e econômico e rivaliza com os japoneses menores e com performance inferior. Nas locadoras tem preço menor que os carros “full size”, mas supera muitos em espaço interno e volume do porta malas.

20161221_125006

Tão longo quanto um Impala, o Malibu tem ótimo espaço interno e porta malas enorme. O acabamento é simples, mas perfeito. Os bancos combinam Continuar lendo