Como abordar um quebra-molas (ou lombada)?

Neste domingo, uma das matérias do programa especializado em carros da TV abordou este tema novamente. Como passar por um quebra-molas? Chuveram perguntas aqui no BLOG…

Afinal eu publiquei um post sobre o tema (https://carrosemduvida.com/2014/12/10/mitos-da-internet-3-passando-no-quebra-molas/).

O “especialista” ouvido (qualificado pela TV como “especialista em suspensão”) afirmou que a melhor forma de abordar o quebra-molas é de frente (perpendicularmente), ou seja, com as duas rodas dianteiras passando ao mesmo tempo. A justificativa é que Continuar lendo

Mitos e verdades da Internet (3) – Passando no quebra-molas

Seguindo a sequência de POSTS, o terceiro mito é:

  • “Outro mau hábito é o de passar em uma lombada transversalmente (cada roda de uma vez). Essa prática pode danificar as buchas da suspensão, amortecedores e rolamentos. Além disso, provoca maior torção da carroceria, o que pode empenar o monobloco.”

Este é MITO. Não há estudo sério que comprove a melhor maneira de “atacar” um quebra-molas. Se houver um estudo para um carro, não valerá para os demais, pois cada um tem um tipo de suspensão, pneus diferentes, carrocerias / estrutura diferentes, ou seja, é puro “achismo” afirmar que é melhor abordar o quebra molas de frente.

Dizer que pode empenar o monobloco chega a parecer piada! Eu costumo abordar em diagonal. Preferência pessoal.