Como abordar um quebra-molas (ou lombada)?

Neste domingo, uma das matérias do programa especializado em carros da TV abordou este tema novamente. Como passar por um quebra-molas? Chuveram perguntas aqui no BLOG…

Afinal eu publiquei um post sobre o tema (https://carrosemduvida.com/2014/12/10/mitos-da-internet-3-passando-no-quebra-molas/).

O “especialista” ouvido (qualificado pela TV como “especialista em suspensão”) afirmou que a melhor forma de abordar o quebra-molas é de frente (perpendicularmente), ou seja, com as duas rodas dianteiras passando ao mesmo tempo. A justificativa é que Continuar lendo

Mitos e verdades da Internet (8) – Acionar os freios antes do buraco.

Seguindo a sequência de POSTS, que comentam os mitos da Internet, o oitavo mito é:

  • “Ao ver um buraco na estrada, alguns motoristas têm a péssima mania de frear bruscamente. Com a roda travada, o impacto é muito maior, o que sobrecarrega a suspensão e o próprio sistema de freios. A roda venceria este obstáculo muito mais facilmente, se estivesse em movimento.”

Frear antes do buraco é muito conveniente. Quanto mais devagar ao carro abordar o buraco tanto melhor (regra geral, não absoluta).

Deixar a roda cair no buraco com os freios acionados é que é ruim. A suspensão, os freios e os pneus lidarão realmente muito melhor com a depressão se os freios estiverem desaplicados, ou seja, com as rodas girando livremente.