Mudando de combustível num carro flex.

Já abordei este tema aqui no BLOG, mas como a dúvida é reccorente, é sempre bom voltar a falar dela.

Se você tem um carro flex, usa sempre gasolina e quer passar a usar etanol, não há qualquer problema. Os sistemas de controle (mapeamento) dos motores flex estão capacitados a lidar com qualquer proporção da mistura gasolina e etanol.

Os sistemas de controle dos motores flex “identificam” qual combustível está sendo injetado no motor e ajustam o mapeamento para esta condição de mistura gasolina-etanol.

O único cuidado a ser observado é não fazer o abastecimento com o etanol com apenas as “últimas gotas” de gasolina no tanque. Isso pode “confundir” o mapeamento feito pelo sistema, com o motor sendo desligado com o mapeamento de gasolina e sendo religado já para queimar etanol (o último mapeamento é memorizado no sistema).

O mesmo cuidado deve ser tomado na troca inversa, de etanol para gasolina, mas se houver uns poucos litros no tanque, a troca pode ser feita sem qualquer problema.

Em tempo, abasteça sempre em posto de sua confiança. Combustível adulterado é VENENO para o motor. O barato pode sair MUITO caro!