Pneus com a designação M+S, mais uma bobagem rolando (sem trocadilho) na Internet…

Meu amigo Franklin e alguns outros leitores assistiram a um vídeo que está circulando na Internet. Um “especialista”, numa oficina ou loja de pneus, fala sobre o desgaste dos pneus designados com as letras M+S.

O “especialista” mostra o desgaste da banda de rodagem, nas suas faixas mais externas, de forma muito mais acentuada que as faixas centrais e alega que o fato se deve ao pneu ser designado M+S. Pura ignorância.

Os pneus designados pela sigla M+S (ou M.S, ou ainda M&S) são pneus apropriados para o uso em lama (Mud) e neve (Snow). Ele alega que o desgaste assimétrico se deve ao fato do composto de borracha destes pneus ser mais macio. Mais uma vez, pura ignorância.

Os pneus M+S são de fato para uso em lama e neve (solo com pouca aderência), mas sua diferença com relação aos demais pneus está no desenho das bandas de rodagem e não na dureza ou resistência do composto de borracha. No composto de borracha, apenas se formula para que mantenha as características de aderência abaixo de 7 graus Celsius.

Ou seja, não há qualquer razão para o desgaste assimétrico nas bandas externas pelo fato de ser um pneu M+S.

Resumindo, mesmo se você tem um pneu designado como M+S (o que no Brasil terá poucas aplicações), não se preocupe, ele vai durar tanto quanto um pneu da mesma categoria (sem ser M+S) e da mesma marca.

Em tempo, o desgaste prematuro nas pastes externas da banda de rodagem normalmente está associado ao uso do pneu (por longos períodos) com pressão abaixo da especificada.