Chevrolet Malibu, 2016, 2.5 litros, 4 cilindros, 6 marchas automático.

Esta versão do Malibu não foi vendida no Brasil em grande quantidade (uma pena), mas há grande quantidade rodando nos Estados Unidos. O Malibu é grande e econômico e rivaliza com os japoneses menores e com performance inferior. Nas locadoras tem preço menor que os carros “full size”, mas supera muitos em espaço interno e volume do porta malas.

20161221_125006

Tão longo quanto um Impala, o Malibu tem ótimo espaço interno e porta malas enorme. O acabamento é simples, mas perfeito. Os bancos combinam couro artificial e tecido. O painel conta com duas telas (uma grande central e uma pequena no meio dos mostradores). O volante tem regulagem de altura, mas não de profundidade. O banco do motorista conta com regulagem elétrica de altura. O sistema MyLink conecta seu celular e conta com conexão própria, para consultas e emergências.

20161221_125038

O ponto alto do carro está no motor, um 2.5 de quatro cilindros com injeção direta. Rende mais de 200 HP (parecido com o da S-10 brasileira). Tem ótimo torque e empurra o Malibu com desenvoltura. Ele chega aos 100 km/h no entorno de 8 segundos (marca de carro esportivo no Brasil). É silencioso e combina bem com o câmbio automático convencional de seis marchas. Rodando pelas estradas e avenidas, muitas vezes bem engarrafadas de Orlando, a média de consumo passa de 11 km/l, um assombro para um carro deste tamanho e com desempenho tão bom.

20161221_125222

A versão 2017 já está nas lojas (já existem alguns em algumas locadoras nos EUA), é ainda mais bonita e incorpora novos avanços tecnológicos. Fica para a próxima…..

20161221_125023